Depois de Madrid…

29 Março 2009

atochaYo moriría por mis ideas, pero no matería por ellas…

(uma das frases inscritas na Estação de Atocha)

Anúncios

Pedro Salinas é, de entre as muitas possibilidades de escolha, um escritor madrileno. Muitos outros poderiam ter sido destacados aqui, como Cervantes, Calderón de la Barca…, mas optei por este nome e por um poema da sua autoria. Seguramente que vão querer descobrir mais escritores hispânicos.

Ahora te quiero…

Ahora te quiero,
como el mar quiere a su agua:
desde fuera, por arriba,
haciéndose sin parar
con ella tormentas, fugas,
albergues, descansos, calmas.
¡Qué frenesíes, quererte!
¡Qué entusiasmo de olas altas,
y qué desmayos de espuma
van y vienen! Un tropel
de formas, hechas, deshechas,
galopan desmelenadas.
Pero detrás de sus flancos
está soñándose un sueño
de otra forma más profunda
de querer, que está allá abajo:
de no ser ya movimiento,
de acabar este vaivén,
este ir y venir, de cielos
a abismos, de hallar por fin
la inmóvil flor sin otoño
de un quererse quieto, quieto.
Más allá de ola y espuma
el querer busca su fondo.
Esta hondura donde el mar
hizo la paz con su agua
y están queriéndose ya
sin signo, sin movimiento.
Amor
tan sepultado en su ser,
tan entregado, tan quieto,
que nuestro querer en vida
se sintiese
seguro de no acabar
cuando terminan los besos,
las miradas, las señales.
Tan cierto de no morir,
como está
el gran amor de los muertos.

Pedro Salinas

Dia Mundial da Poesia

21 Março 2009

Um desafio para dia Mundial da Poesia: cada um partilha um poema que goste muito

Aprender a Crescer
Estudar é muito importante,
mas pode-se estudar de várias maneiras…
Muitas vezes estudar não é só aprender
O que vem nos livros.
Estudar não é só ler nos livros
que há nas escolas.
É também aprender a ser livres,
sem ideias tolas.
Ler um livro é muito importante,
às vezes, urgente,
mas os livros não são o bastante
para a gente ser gente.
É preciso aprender a escrever,
mas também a viver,
mas também a sonhar.
É preciso aprender a crescer, aprender a estudar.
Aprender a crescer quer dizer:
aprender a estudar, a conhecer os outros,
a ajudar os outros,
a viver com os outros.
E quem aprende a viver com os outros
aprende sempre a viver bem consigo próprio.
Não merecer um castigo é estudar.
Estar contente consigo é estudar.
Aprender a terra, aprender o trigo
e ter um amigo também é estudar.
Estudar também é repartir,
também é saber dar
o que a gente souber dividir
para multiplicar.
Estudar é escrever um ditado
Sem ninguém nos ditar;
e se um erro nos for apontado
é sabê-lo emendar.
É preciso, em vez de um tinteiro,
ter uma cabeça que saiba pensar,
pois, na escola da vida,
primeiro está saber estudar.
Contar todas as papoilas de um trigal
é a mais linda conta de somar
que se pode fazer.
Dizer apenas música,
quando se ouve um pássaro,
pode ser a mais bela redacção do mundo…
Estudar é muito
mas pensar é tudo!

J. C. Ary dos Santos

Equinócio

20 Março 2009

earth-lighting-equinox

Equinócio é uma palavra que deriva do latim (aequinoctium), e significa “noite igual”, e refere-se ao momento do ano em que a duração do dia é igual à da noite sobre toda a Terra.

Astronomicamente isto se dá quando a Terra atinge uma posição em sua órbita onde o Sol parece estar situado exatamente na intersecção do círculo do Equador Celeste com o círculo da Eclíptica; ou seja, instante em que o Sol no seu movimento anual aparente pela Eclíptica, corta o Equador Celeste, apresentando declinação de 0º.

O Equinócio Vernal (21/03), assinala a entrada da primavera no hemisfério norte e do outono no hemisfério sul. É especialmente considerado pelos Astrólogos, pois este “Ponto Vernal”, marca o início do Signo de Áries, a entrada do Sol no Signo de Áries, que marca o início do Zodíaco. É quando o Sol, no seu movimento aparente, passa do hemisfério sul para o hemisfério norte”.

Qual é o livro?

18 Março 2009

Aquando da visita da doutora Altina Ramos à nossa escola, para além do que aprendemos e do interesse do encontro, teve ainda a amabilidade de nos oferecer  um livro.

Como todos os momentos são importantes para falarmos de livros e de leituras, sugiro um desafio: não vou dizer o nome do autor, nem o título , apenas algumas pistas para descobrirem o livro oferecido pela doutora Altina Ramos.

Então, posso adiantar-vos que este livro narra a história de um amor de dois jovens, Florentino Ariza e Fermina Daza, cujas diferenças sociais os vão separar. Além disso o autor deste romance faz um apelo desesperado à vida contra a morte, do amor total contra a solidão.

Se concordarem, quem primeiro acertar no nome do autor e da obra e simultaneamente escrever a melhor frase sobre esta obra, ser-lhe-á oferecido o livro.

Boas pesquisas!

Abrimos aqui mais uma janela para possíveis dúvidas que possam surgir durante a preparação para o teste de Língua Portuguesa.

*Compreender as cenas e caracterizar as personagens do Auto da Barca do Inferno;
* Conhecer aspectos biobibliográficos;
*Conhecer a génese e função do teatro vicentino (moralizar, ensinar…);
*Distinguir a estrutura interna e externa do texto dramático;
*Dominar um amplo campo lexical de termos relacionados com o teatro;
*Dominar as características do Auto: temática; encenação e percurso cénico; personagens (tipo, alegóricas, figurantes);
*Compreender e entender excertos do Auto;
*Identificar e explicar os argumentos de defesa e acusação das personagens;
*Entender e identificar os tipos de cómico;
*Dominar os processos de evolução da língua (fenómenos fonéticos e processos de renovação da língua);
* analisar morfológica (atenção às conjunções e locuções conjuncionais, advérbios) e sintacticamente (especial atenção às subordinadas temporais, causais, relativas, concessivas, comparativas, condicionais, consecutivas, finais e relativas);
*Conhecer a relação entre palavras;
*Produzir textos de opinião (fazendo uso de técnicas de argumentação)  e redigir uma carta de reclamação obedecendo aos aspectos formais e de conteúdo.

Stanley Kubrick

8 Março 2009

O cineasta Stanley Kubrick morreu a 7 de Março de 1999. Alguns dos seus filmes, como “Odisseia no Espaço”, estão entre dos melhores filmes alguma vez realizados.

Vê um algumas imagens.