Preparação para o teste

30 Janeiro 2009

Abrimos aqui mais uma janela para possíveis dúvidas que possam surgir durante a preparação para o teste de Língua Portuguesa.

*Compreender os episódios: “Inês de Castro”; “Batalha de Aljubarrota”, “Despedidas de Belém”; “Adamastor”; “Tempestade”; “Chegada à Índia”;
*definir a acção central destes episódios de Os Lusíadas;
*
identificar e explicar recursos estilísticos e a sua expressividade (metáfora, aliteração, eufemismo, comparação, hipérbole, hipálage, personificação, sinédoque, perífrase);
*identificar
os planos da acção (História de Portugal, Deuses, Viagem; considerações do poeta);
*
Distinguir o valor do emprego do pretérito perfeito e imperfeito (p. 225 e 291);
*
analisar morfológica (atenção às conjunções e locuções conjuncionais) e sintacticamente (especial atenção às subordinadas temporais, causais, relativas, concessivas, comparativas, condicionais, consecutivas, finais e relativas);

* distinguir o pronome relativo;
*
produzir textos de opinião / descrição.

1.1. A situação inicial tem lugar cinco dias depois da partida da armada da Baía de Santa Helena.

1.2. Situação incial: (…) “cortando/ os mares nunca de outrem navegados; Prosperamente os ventos assoprando (…) estando descuidados”. Elemento perturbador: ” Quando hua nuvem (…) os ares escurece.

1.2.1. O emprego do gerúndio “assoprando /estando/vigiando” seguido do presente do indicativo “escurece/aparece sugere a duração de uma situação anterior subitamente interrompida.

2.1. Adjectivação expressiva: “tão temerosa vinha a nuvem” (hipálage); oração consecutiva: “que pôs nos corações um grande medo”; aliteração do som /r/: bramido o negro mar de longe brada; Apóstrofe: “Ó Potestade (…) sublimada; Frase interrogativa: “que ameaço divino ou que segredo/ Este clima e este mar nos apresenta”.

3.1. É uma personagem imaginária, mitológica; simbólica.

3.1.1. A expressão utilizada para nomear “hua figura” é disso comprovativa.

3.2. “Figura robusta e válida -; rosto carregado/ barba esquálida/ olhos encovados/ boca negra/ dentes amarelos; postura medonha e má e a cor terrena e pálida; disforme e grandíssima estatura” (superlativo absoluto sintéctico).

3.3. São correctas as seguintes opções: acentuar as dimensões extraordinárias da personagem, tornar clara a estatura e magnitude da entidade descrita e tornar mais concreta aos olhos do narratário essa figura.

3.3.1. São opções correctas as duas seguintes: o narrador é autodiegético; o narrador está face ao narratário.

4.1. Este episódio insere-se no Canto V da Obra, ou seja, no seu canto central. Além disso, o episódio integra a parte central do canto, qu etem no total de 100 estâncias.

4.2. Este é um episódio simbólico (a este respeito consultem os apontamentos).

4.3. Este episódio insere-se no plano da viagem.

Qualquer dúvida com a correcção, deixem um comentário.

eLearning Awards

29 Janeiro 2009

O Blogue Língua Portuguesa foi reconhecido como um dos melhores 70 projectos  desenvolvidos a nível europeu, pela European Schoolnet. Esta associação promove o concurso eLearning Awards, dirigido a todas as escolas europeias, em que o objectivo é premiar os melhores projectos realizados nas escolas utilizando as TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação).

Parabéns a todos os alunos do 9.º ano e a todos os colaboradores deste blogue.

Obrigado.

GAVE

28 Janeiro 2009

O Gabinete de Avaliação Educacional (Gave) disponibliza os exames já realizados e respectivas provas nacionais.

Entretanto estão disponíveis Informações-Exame disponíveis aqui.

Jornal de Letras

27 Janeiro 2009

O Jornal de Letras oferece amanhã uma antologia de poesia lusófona com o título “LeYa Poemas” que virá com a milésima edição do Jornal de Letras.Os poemas são de autores vivos.

Entre eles, estão Nuno Júdice, Gastão Cruz, Maria Teresa Horta, António Ramos Rosa, Manuel Alegre, Pedro Tamen, Manuel Gusmão, Ana Marques Gastão, Pedro Mexia, Mia Couto, Guita Jr., Ondjaki, Paula Tavares, José Carlos de Vasconcelos e José Saramago, entre outros, num total de 28 autores.

O Jornal de Letras, Artes e Ideias é uma publicação quinzenal do grupo Impresa (Sic, Visão, Expresso), que chegou às bancas em 1978 e é desde então dirigido por José Carlos Vasconcelos.

Casa das Linguagens

22 Janeiro 2009

1.
Objectivos

A construção de um projecto como a revista Casa das Linguagens exige sempre a superação das metas alcançadas anteriormente. Face ao pressuposto, só a inovação e o empenho de toda a comunidade educativa pode trazer realmente um nível qualitativo, cujo resultado constitua motivo de satisfação global.

Um dos desafios para este ano surgiu na sequência da ONU ter proposto que “o Ano Internacional da Astronomia 2009 (AIA2009) será uma celebração global da astronomia e da sua contribuição para a sociedade e para a cultura, estimulando o interesse a nível mundial não só na astronomia, mas na ciência em geral, com particular incidência nos jovens”.

E um dos objectivos nucleares do AIA2009 é, antes de mais nada, “uma actividade para os cidadãos do Planeta Terra. Pretende transmitir o entusiasmo pela descoberta pessoal, o prazer de partilhar conhecimento sobre o Universo e o nosso lugar nele e a importância da cultura científica”.

Proponho, assim, que o n.º 4 da revista Casa das Linguagens reserve um espaço exclusivo para que se publiquem trabalhos (escritos ou pictóricos) dentro desta temática. Foi também decidido que o melhor trabalho será enviado para a Sociedade Portuguesa de Astronomia e destacado no próximo número da nossa revista.

Descobre o teu Universo!

2.
Concurso Capa

No ano passado, a capa para a revista foi seleccionada de entre vários trabalhos realizados pelos alunos os alunos do 8.º ano, na disciplina de Educação Visual.
Para o n.º 4 da revista Casa das Linguagens esperamos propostas de todos os níveis de ensino. Caso decidam apresentar trabalhos, agradecemos que nos possam facultar os trabalhos originais.

3.
Foto de Grupo/Turma

Tendo em conta a boa receptividade em relação às fotos do grupo/turma de todo o agrupamento, sugerimos que cada uma das turmas/escola crie um cenário que possibilite fazer o melhor enquadramento fotográfico. Devem ter em conta que se optarem por um lugar interior, devem ter presente que deve ser bem iluminado.

Biblioteca Digital Camões

20 Janeiro 2009

A Biblioteca Digital Camões, do Instituto Camões, disponibiliza online cerca de 1.200 documentos da cultura portuguesa dos últimos cinco séculos. A partir de agora estarão disponíveis online textos literários, pautas musicais e ensaios e estudos científicos, entre outros, perfazendo um conjunto de mais de 1.200 documentos referentes aos últimos cinco séculos da história de Portugal, que antes eram de acesso condicionado. Outra novidade é que os documentos podem ser descarregados para o computador ou para dispositivos móveis, sendo possível, desde já, descarregar “Os Lusíadas” para o telemóvel.

(in bookcrossingEBi)