Santo e Feliz Natal

23 Dezembro 2008

Na Paz e Alegria do Espírito Natalício e do Novo Ano que se avizinha, enviamos aos nossos amigos este postal cheio de Luz , da nossa Cidade de Barcelos.

Um Santo e Feliz Natal.

Biblioteca Digital

21 Dezembro 2008

Para os mais novos e não só, “a Biblioteca de Livros Digitais pretende também criar uma rede social. Aos registarem-se, os utilizadores poderão juntar-se como amigos e participar na secção Os Livros da Malta, onde cada um pode acrescentar algo no final de qualquer livro. “O livro passa a pertencer a alguém”, sugere Carlos Correia”.

Parabéns

18 Dezembro 2008

Parabéns ao10 alunos mais votados. Acredito que todos votaram de forma justa e responsável. Deixo, entretanto, uma palavra de incentivo e de reconhecimento a todos que, mesmo não sendo premiados, trabalham com dedicação.

Eis a lista dos mais votados:

1.    Pedro Ribeiro
2.    Ana Rita Duarte
3.    Helena Costa
4.    Sofia Vale
5.    João André
6.    Gabriel Vilas Boas
7.    Diana Sá
8.    Carla Enes
9.    Ana Veloso
10.    Sara Branco, Dulce Enes, Daniel Silva

Votação no melhor blogue

16 Dezembro 2008

Chegou a hora de elegeres o melhor blogue.

Vota, com justiça, nos 3 melhores blogues do 9.º ano.
Amanhã à noite, na Feira do Livro,  serão premiados 10 dos que obtiverem mais votos.

Vota até às 14:00 horas do dia 17.

A escritora Deana Barroqueiro disponibilizou para os seus leitores o romance “Uraçá, o Índio Branco”.
Gostava muito que o lessem, pois vem de encontro ao programa de Língua Portuguesa e garanto-vos que vale mesmo a pena ler. Experimentem!

Ainda os Direitos Humanos

12 Dezembro 2008

Deana Barroqueiro

11 Dezembro 2008

DEANA BARROQUEIRO é autora de numerosos romances inspirados em conhecidos personagens da História.

“Romances para os jovens? E adultos com espírito jovem? Acerca das aventuras dos navegadores Portugueses? Mas isso é um achado. Isso é melhor que pão… para os mais jovens comerem, quando, mesmo sem se interessar muito pela História, acabam por se interessar pelo romance, pela picardia, pela aventura. O pano de fundo é Portugal e o Mundo dos Séculos XV e XVI, para os quais foi feita pela autora “uma exaustiva pesquisa nas crónicas coevas”. Pelos vistos, e dando sequência ao que diz, “os aventureiros e descobridores portugueses assumem as proporções dos Indiana Jones e Skywalkers (que na realidade foram), embora respeitando os dados históricos conhecidos, na medida em que se escreve para um público preferencialmente do ensino secuA Deana Barroqueiro faz parte dondário e universitário  mas também para adultos com espírito jovem.”

bookcrossinEBi.ning.com