Outro poema de Ruy Belo

26 Março 2008

Os pássaros nascem na ponta das árvores

As árvores que eu vejo em vez de fruto dão pássaros
Os pássaros são fruto mais vivo das árvores
Os pássaros começam onde as árvore acabam
Os pássaros fazem cantar as árvores
Ao chegar aos pássaros as árvores engrossam e movimentam-se
Deixam o reino vegetal para passar a pertencer ao reino animal
Como pássaros poisam as folhas na terra
Quando o Outono desce veladamente sobre os campos
Gostaria de dizer que os pássaros emanam das árvores
mas deixo essa forma de dizer ao romancista
é complicada e não se dá bem na poesia
não foi ainda isolada da filosofia
Eu amo as árvores principalmente as que dão pássaros
Quem é que lá os pendura nos ramos?
De quem é a mão a inúmera mão?
Eu passo e muda-se-me o coração

Ruy Belo

7 Responses to “Outro poema de Ruy Belo”

  1. Helder Leal Says:

    Sr. Professor
    Poso fazer um comentário ao livro que li, em vez de fazer o resumo?


  2. Poema excelente!!!!!!!

  3. Paulo Faria Says:

    Sim, Hélder.

    Helena e João, como já disse à Diana, vamos iniciar o estudo do texto poético no terceiro período, e se quiserem podem começar a construção de uma antologia de poemas nos vossos blogues.
    o importante é que gostem, não interessando o tema, nem o autor que vão seleccionar.

  4. Diana Vale Says:

    Gostei muito!

  5. Ana Gomes Says:

    Muito Giro!

  6. daniela faria Says:

    Este poema está um espectáculo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: