Lembram-se de apresentar a Livraria Lello, no Porto, como uma das mais belas do mundo?

Esta foi considerada a mais bela livraria, feita a partir de uma antiga catedral dominicana. Que acham?

(Fonte: A Lura dos Livros)

Anúncios

Escrita Criativa

27 Fevereiro 2008

Depois de assistirem a este vídeo, recriem uma história baseada no que viram, tendo em conta todas as categorias da narrativa.

O objectivo deste exercício de produção escrita não é fazerem um resumo, uma crítica ou descreverem o que visionaram.

Encarem este vídeo como um ponto de partida para escreverem acerca de solidão, dos livros, do papel, da relação das pessoas, dos sonhos ou algo que vos suscite realmente interesse.

Aguardo os vossos textos.

David Mourão-Ferreira

25 Fevereiro 2008

24 de Fevereiro de 1927
Nasce David Mourão-Ferreira, escritor, poeta, professor, um dos maiores vultos da Poesia Portuguesa do século XX. Apesar dos seus textos não aparecerem nos manuais de Língua Portuguesa, vale a pena recordá-lo. Obrigado ao professor Aires pela indicação.
As suas poesias deram origem a várias e belas canções. Aqui fica um exemplo interpretado por Mariza (ao vivo em Londres): Primavera.

Todo o amor que nos
prendera
como se fora de cera
se quebrava e desfazia
ai funesta primavera
quem me dera, quem nos dera
ter morrido nesse dia

E condenaram-me a tanto
viver comigo meu pranto
viver, viver e sem ti
vivendo sem no entanto
eu me esquecer desse encanto
que nesse dia perdi

Pão duro da solidão
é somente o que nos dão
o que nos dão a comer
que importa que o coração
diga que sim ou que não
se continua a viver

Todo o amor que nos
prendera
se quebrara e desfizera
em pavor se convertia
ninguém fale em primavera
quem me dera, quem nos dera
ter morrido nesse dia

David Mourão-Ferreira

Esta foi a última entrada colocada pelo professor Aires no bookcrossingebi.

“Comemora-se, hoje, o Dia Internacional da Língua Materna. Desde 21 de Fevereiro de 2000 que a UNESCO comemora este dia como forma de promover a diversidade linguística, o plurilinguismo, as línguas maternas.
Foi também nesse sentido que a UNESCO proclamou 2008 como o Ano Internacional das Línguas.

Existem cerca de 6000 línguas no mundo; 50% destas estão em vias de extinção; em média, cada duas semanas, desaparece uma língua (Fonte: Portal da Unesco). Estima-se que o Português ocupe a 6ª ou a 7ª posição entre as línguas com maior número de falantes nativos Na enciclopedia online Encarta, o Português terá cerca de 176 milhões de falantes.
Curiosidade: Neste mundo cada vez mais virtual, o Português ocupa a 7ª posição entre as línguas mais faladas na Internet”.

Imagem de: http://www.internetworldstats.com/stats7.htm

Colaboração

22 Fevereiro 2008

A professora Alcina deixou-nos um comentário muito especial: livros gratuitos. Transcrevo o texto na íntegra.

“Parece-me importante que colaboremos no sentido de nos ajudarmos mutuamente e podermos evoluir, quer no domínio da Língua Portuguesa, quer como elementos do universo. Assim, aqui deixo um pequeno contributo que espero vos seja útil.

Gosto imenso de viajar! Às vezes, uso os meios de transporte mais convencionais, como o carro, o comboio ou o avião, outras, viajo, ao meu ritmo, pelas páginas de um livro e, por vezes, utilizo as novas tecnologias e navego pela net. Foi numa destas viagens pela net, que me deparei com um sítio fascinante, onde se pode fazer um download gratuito de vários livros de autores portugueses e não só, como Machado de Assis, Fernando Pessoa, Shakespeare (em português), … e outros. Aqui vos deixo o endereço e votos de boas viagens e de boas leituras”.

Aprendizagem Colaborativa

18 Fevereiro 2008

Aprendizagem Colaborativa.

Iniciamos esta semana o estudo do conto “História da Gata Borralheira” da escritora Sophia Andresen.

Não sendo propriamente uma escritora desconhecida, deixo uma pista para redescobrirmos a sua bibliografia.

Se alguém quiser pesquisar sobre a escritora, pode deixar pistas nos comentários.